A Justiça foi injusta

Publicado em http://vitalbichoeportugal.blogspot.com

A falta de senso e humanidade da justiça.

Sem rodeios, com indignação e tristeza.

É sobre Alexandra que escrevo, retirada aos pais de coração, entregue à progenitora.

Outros casos haverá, menos mediáticos, não menos importantes.

Não se pode julgar certos casos, em generalidade e sem sentimentos.

Relembro que se trata do futuro, dum caso de uma criança, indefesa.

A justiça retira lhe toda uma vivencia, enviando-a para um País desconhecido, à mercê de uma vida incógnita.

Muita falhas visíveis, em todo o processo.

Pergunto, as dúvidas de dependências por parte da progenitora, foram tidas em conta? Ou não eram suficientes, para ter que chegar a conclusões?

O abandono de um lado, o carinho no outro, não pesou?

Parece que foi um” lavar de mãos” na Rússia resolverão…

 

         A Justiça foi injusta

 

 È esta mesma justiça, que por dúvidas ou falsos argumentos, liberta marginais, por serem jovens, é benevolente com certas camadas sociais, atrasa processos, em infindáveis conclusões, em nome do dito segredo de justiça e de provas consideradas nulas, perante a lei.

 

 Com o sentimento de desilusão

                  VitalBicho

Anúncios
Published in: on 10 de Junho de 2009 at 13:06  Comments (1)