Pergaminhos da vida

familia
 

Esta noite enquanto trabalhava, pensava, em algo para escrever no spaces da tia Gloria, faz hoje anos (minha irmã mais velha)

Veio me um pouco de nostalgia e lembrança

Revendo toda a minha existência (sem desprimor a ninguém) sempre fomos três

Eu, a minha mãe e a minha irmã

Bom ou mau, sempre partilhamos,

 Sentimentos e vivências, deste trio, davam um livro, mas como já referi, não sei escrever e gosto mais de divagar e divagando penso; se unidos sobrevivemos, a passagens inacreditáveis…

Não pensem, que sempre, de acordo ou consenso

Mas as nossas divergências, sempre foram e são, internas e sentimentais

O sentido família vai se perdendo

Outros pergaminhos da vida também

Tento introduzir, em minha casa, o futuro dirá…

Cabe a nós, deixar como herança aos nossos, o respeito, dignidade e amor

 

VitalBicho

Anúncios
Published in: on 2 de Fevereiro de 2008 at 10:01  Deixe um Comentário